Skip to main content
Vinílicos ePiso

Investimentos em energia solar

Linhas de financiamentos facilitam investimentos de pessoas físicas e jurídicas em energia solar e Brasil deve atingir 2GW de energia instalada até o final deste ano

energia solar

Segundo dados divulgados no início deste ano pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o Brasil deverá ultrapassar a marca de 2 GW de geração de energia solar fotovoltaica em operação. De acordo com a entidade, pelo menos 85% da potência instalada é proveniente de usinas solares, também conhecidas como parques solares, resultado de quatro leilões de energia, localizadas, em sua maioria, no Norte, Nordeste e Centro Oeste. Já o segmento de geração distribuída formada por residências, comércio, indústrias, edifícios públicos, estacionamentos e zona rural evoluiu 150%. Leia+Mais→

Investir em energia solar

Há uma década estamos acompanhando o crescimento gradual do investimento em energia solar, com um esforço para substituir as fontes de energia tradicionais por energias renováveis

solar

Por isso, investir em energia solar é uma grande tendência no Brasil e no mundo. Vários países já investem em energia solar. A China contribui com cerca de 50% da geração de energia solar mundial, a Arábia Saudita pretende ter 6 gigawatts de produção de energia solar fotovoltaica até 2020 e a Alemanha oferece subsídios para quem quiser investir nesse tipo de energia sustentável.

Já o Brasil, apesar de ser um dor maiores potenciais de produção de energia solar do mundo, tem uma produção de energia solar ainda incipiente. Leia+Mais→

Crescimento da geração de energia solar

Considerado um dos países com maior incidência solar, o Brasil finalmente começa a aumentar a sua capacidade de geração de energia solar e em meados de maio deste ano supera a marca de 1GW em energia solar

solar

Painéis Solares do Condor Santa Quitéria

Nesta semana, em que é comemorado o dia Mundial do Meio Ambiente, a Domínio Solar destaca o sucesso dos projetos implantados e estima crescer 300% em 2018, com projetos em sete estados da federação: SC, PR, SP, MS, GO, MT e RO.

O Brasil possui uma incidência solar média de 5,4, quilowatt-hora/m², atrás apenas da Austrália. Mesmo com todo este potencial, possui um parque fotovoltaico instalado de apenas 1GW. Uma prova do quanto o Brasil ainda pode explorar este meio, é o caso da Alemanha, que possui incidência solar média de 2,5 quilowatt-hora/m² e um parque instalado de 41 GW. Leia+Mais→

Múltiplas Unidades com energia solar fotovoltaica

A MRV Engenharia é a responsável por esse empreendimento com Múltiplas Unidades Consumidoras de energia solar fotovoltaica de grande porte no país já está em funcionamento

fotovoltaica

Um grande marco para o mercado da construção e de energia brasileira se concretiza nesta sexta-feira (25/5), em Minas Gerais. Pela primeira vez no estado, a CEMIG realiza a ligação do sistema de geração de energia solar fotovoltaica de Múltiplas Unidades Consumidoras em um empreendimento residencial. A ligação ocorreu em um condomínio da MRV Engenharia, o Spazio Parthenon em Belo Horizonte.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), este é o primeiro Empreendimento com Múltiplas Unidades Consumidoras (EMUC) de grande porte do Brasil. Localizado na região da Pampulha, na capital mineira, o condomínio com 440 unidades terá energia gerada através de energia solar fotovoltaica, abastecendo todos os apartamentos e as áreas comuns do empreendimento. Leia+Mais→

Parceria inédita em Mato Grosso

Sebrae, Banco do Brasil e WEG lançam programa de financiamento para fomentar energia solar fotovoltaica para pequenos negócios em MT

pluz

Na quinta-feira (26/03) o Sebrae do Mato Grosso, o Banco do Brasil e a WEG, lançam, em parceria inovadora e estratégica que soma esforços no intuito de estimular a geração de energia fotovoltaica no âmbito da geração distribuída, o PLUZ, Programa de Financiamento de Energia Solar para pequenos negócios.

Serão consultorias especializadas, acesso à tecnologia de ponta e ao crédito por meio do FCO – Fundo Constitucional do Centro-Oeste, em que o objetivo é proporcionar o acesso à energia solar e seus benefícios e, assim, diminuir os custos e garantir maior segurança energética.
Ler mais Leia+Mais→

Mercado promissor no Brasil

Brasil está entre os 30 países que mais implantam energia solar no mundo

energia solarSegundo os números anuais da Bloomberg New Energy Finance (BNEF) os investimentos mundiais em energia solar somaram US$ 160,8 bilhões em 2017, representando um aumento de 18% a mais que o ano anterior. Dentre as energias renováveis, a solar é a que mais tem se destacado nos últimos anos, representando 48% de todo o investimento mundial em energia limpa. Já no Brasil, o investimento no ano passado foi de US$ 6,2 bilhões com alta de 10% em relação a 2016. Ler mais Leia+Mais→

Energia solar 2018

Cursos energia solar janeiro e fevereiro de 2018

Curso energia solar: sistemas conectados à rede – integrador (teórico + prático)
O curso Sistemas conectados à rede – integrador é completo e tem como objetivo preparar profissionais de alto nível, abrangendo todos os detalhes que devem ser considerados em uma instalação, do dimensionamento ao comissionamento e manutenção periódica. As aulas práticas proporcionam aos alunos a oportunidade de conhecer os equipamentos e fazer instalações de porte reduzido mas que reproduzem o dia a dia de uma instalação de energia solar. Tem duração de cinco dias e é recomendado para profissionais da área solar, instaladores, eletricistas, técnicos, revendedores, empreendedores e empresários. Leia+Mais→

Uso de energia solar em hotéis

Segundo pesquisa, energia elétrica é a principal despesa do setor hoteleiro
energia solar

Hotel Pousada Vale do Sol

A ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) acaba de divulgar que a bandeira tarifária na conta de energia elétrica será amarela a partir deste mês de setembro, ou seja, com acréscimo de R$ 2,00 a cada 100 quilowatts-hora (kwh) consumidos na conta de luz. Embora a tarifa tenha reduzido, os preços cobrados ainda são altos.

Um dos setores que “sofre” com a cobrança do consumo de energia é a rede hoteleira. De acordo com uma pesquisa realizada pelo IBGE em 2016 – Pesquisa de Serviços de Hospedagem – há em torno de 31.299 estabelecimentos no país, que possuíam 1.011.254 unidades habitacionais (suítes, quartos e chalés) e 2.407.892 leitos. Leia+Mais→

Scroll Up