Confiante no desenvolvimento da economia, a GR Properties não crê em bolha imobiliária e aposta na forte demanda por espaços modulares e  galpões nos próximos anos. Novos empreendimentos serão implementados em um raio de 120km da capital
modulares

GR Properties anuncia investimento de R$ 375 milhões destinados à construção de seis condomínios de galpões modulares

Com objetivo de atender a demanda de fornecedores e indústrias dos mais variados setores, multinacionais e operadores logísticos por espaços mais modernos, a incorporadora de imóveis para renda GR Properties anuncia investimento de R$ 375 milhões destinados à construção de seis condomínios de galpões modulares. Localizados até 120 quilômetros da capital paulista, os empreendimentos somarão, aproximadamente, 180mil m² de área locável. Parte deles têm previsão de serem entregues aos futuros inquilinos no 2º semestre deste ano e os outros no decorrer de 2015.

A decisão de executar seis novos projetos de condomínios de galpões modulares, em uma única vez é uma estratégia da empresa em contribuir para o desenvolvimento da infraestrutura logística do País – hoje um dos gargalos que impedem o maior crescimento do PIB brasileiro. “ Nos últimos anos foram realizadas diversas concessões de aeroportos, ferrovias e rodovias por parte do governo federal. No entanto, creio que a iniciativa privada também deve participar desse processo de ampliação. Esse foi um dos fatores que nos estimulou a realizar o amplo investimento em condomínios logísticos no estado de São Paulo”, explica Guilherme Rossi, diretor geral da GR Properties.

A existência de uma suposta bolha imobiliária propagada por alguns especialistas e consultores de mercado não se justifica no atual momento, pelo menos entre os condomínios logísticos, avalia o executivo. Segundo recente relatório divulgado pela Colliers International, a taxa de vacância do setor fechou com 17,7% no País, em 2013. Para Rossi, o aumento de disponibilidade foi motivado pela entrega de diversos empreendimentos ao longo do segundo semestre e por isso alguns espaços não foram locados no período. Neste ano, mais galpões serão finalizados e a tendência é que a taxa de ocupação se mantenha estável ou tenha uma leve alta. “No entanto, não há o que se temer, haja vista que um dos setores que mais crescem na economia é o e-commerce nacional. Com o constante aumento de vendas, certamente essas empresas precisarão de áreas para armazenar os estoques de seus produtos. Por isso, acredito que os níveis de demanda e oferta deverão se ajustar a partir de 2015”, analisa.

Com relação aos novos empreendimentos da GR Properties, Guilherme Rossi revela que dois deles serão localizados no entorno do Rodoanel Mário Covas, sendo que um já está em obras. Também será construído um galpão as margens da Rodovia Régis Bittencourt, além dos munícipios de Guarulhos, Campinas e Hortolândia. “ Decidimos realizar os projetos nesses locais pelo fato de terem acesso e localização privilegiada. Os inquilinos terão a facilidade de executar suas operações logísticas de forma ágil e eficiente, pois os galpões serão equipados com tudo que há de mais moderno”, garante.

Todos os condomínios contarão com a certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), do USGBC (United States Green Building Council). Para conquistar o selo verde, quesitos como prevenção de poluição nas atividades de construção, gestão de resíduos da obra e utilização de madeira certificada FSC (Forest Stewardship Council), deverão ser respeitados. “ A infraestrutura será planejada para reduzir o impacto ambiental quando os condomínios estiverem em operação. As medidas incluem a redução de 20% no consumo de água, eficiência energética, depósito de recicláveis, qualidade do ar interno e controle de fumaça, entre outros benefícios”, argumenta Guilherme Rossi.

Preservando esses conceitos e inovando em diversos aspectos, a estrutura dos galpões irá permitir a ocupação flexível de módulos, com possibilidade de utilização de área técnica externa. Os galpões terão piso de alta resistência nivelado a laser e quatro docas elevadas cada. Além disso, as unidades contarão com mezanino para escritórios, copa, caixa d’água individual, isolamento termoacústico, iluminação zenital e renovadores de ar. As áreas comuns possuirão amplas salas de reunião e treinamento, modernos refeitórios e cafeteria. Por fim, os empreendimentos também disponibilizarão um heliponto interno para utilização exclusiva de todos os inquilinos.

Sobre GR Properties – Fundada pelo administrador de empresas Guilherme Rossi no final de 2007, a GR Properties ingressou no mercado imobiliário com o objetivo de desenvolver empreendimentos imobiliários de qualidade, gerando renda para investidores qualificados e para seu próprio portfólio. Todos os projetos, independentemente do segmento, mantêm o mesmo padrão de excelência, localizados em pontos estratégicos e com grande potencial de valorização. No total, a empresa possui em seu portfólio 16 empreendimentos, sendo 10 condomínios logísticos, dois edifícios comerciais e três residenciais compactos de alto padrão, além de um centro de conveniência e serviços. | webGRProperties